Este site usa cookies para recolher estatísticas e melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Saiba mais aqui

Visitantes: 96317



Via

EXECUÇÃO DA VARIANTE DE ALCÁCER (2ª FASE): VIA-FÉRREA E INSTALAÇÕES FIXAS DE TRACÇÃO ELÉCTRICA

A empreitada foi adjudicada ao Consórcio Somafel/Ferrovias/Fergrupo pela REFER, via concurso público, e consistiu na construção de um conjunto de infra-estruturas entre a estação do Pinheiro (PK 59+945 da Linha do Sul) e o PK 94+326 da Linha do Sul.

O Dono de Obra pretendeu com a empreitada, genericamente, a melhoria da oferta de transporte ferroviário para o Porto de Sines, bem como, do serviço de transporte ferroviário de passageiros, de longo curso, na ligação Lisboa-Algarve (os serviços rápidos passam a utilizar a variante e os lentos a via existente electrificada), a prática de velocidades mais elevadas (entre 200km/h e 220km/h, numa extensão superior a 100km) e, por fim, reduzir os custos de manutenção durante a vida útil da nova infra-estrutura.

No que diz respeito aos trabalhos ferroviários, procedeu-se à construção de uma via única electrificada ligando o lado Sul da estação do Pinheiro ao PK 94 da Linha do Sul, equipada com carril 60 EI e travessas de betão polivalente, e um resguardo com 750 m úteis ao PK 94. Para o efeito, dos trabalhos da especialidade de via, nos quais a FERGRUPO participou, destacam-se:

-Implantação topográfica;
-Execução da primeira camada de balastro;
-Distribuição de travessas;
-Montagem de via;
-Assentamento de aparelhos de mudança de via;
-Soldaduras aluminotérmicas
-Balastragem;
-Ataques de enchimento
-Estabilização dinâmica de via;
-Regularização de barra longa soldada;
-Ataque definitivo;
-Esmerilagem preventiva;
-Ataque complementar;
-Ripagens em vias provisórias;
-Levantamento de via.