Este site usa cookies para recolher estatísticas e melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Saiba mais aqui

Visitantes: 94641



Via

EMPREITADA DE “ELETRIFICAÇÃO DA LINHA DO MINHO ENTRE VIANA DO CASTELO E VALENÇA FRONTEIRA, INCLUINDO ESTAÇÕES TÉCNICAS

Para a execução da presente empreitada, as empresas Fergrupo, Construções e Técnicas Ferroviárias, S.A. e Neopul, Sociedade de Estudos e Construções, S. A., associaram-se em Consórcio, com o objetivo de tirarem partido das valências técnicas e experiências em obras similares de ambas as empresas.

Esta empreitada desenvolver-se-á desde a saída da Estação de Viana do Castelo, ao Pk 83+000, em via única balastrada, até à Estação de Valença, ao Pk 131+700, e contempla os trabalhos de eletrificação e reabilitação do troço Viana do Castelo/Valença-Fronteira, na Linha do Minho numa extensão aproximada de 49 km. A intervenção nestes troços de via tem como principal objetivo o melhoramento das condições de circulação e de segurança, tornando o transporte ferroviário mais competitivo na ligação a Espanha e nas ligações inter-regionais do Minho litoral. Neste sentido, serão realizados os trabalhos de eletrificação da via e demais trabalhos relacionados com a melhoria da infraestrutura de via neste troço, Estações e Apeadeiros.

O troço Viana do Castelo/Valença-Fronteira compreende a realização de diversos trabalhos quer ao nível da via quer ao nível das diversas plataformas de Estações e Apeadeiros, de forma a responder às exigências do projeto de execução, bem como todos os trabalhos inerentes à sua eletrificação. Simultaneamente aos trabalhos de via serão executados os trabalhos de outras especialidades previstos no âmbito da presente empreitada, nomeadamente terraplenagens, demolições, contenções, drenagem superficial e profunda, entre outros. É igualmente parte integrante deste projeto de investimento a conceção/construção da Nova Subestação de Tração e dos Postos Autotransformador necessários à eletrificação deste troço da Linha do Minho.

O prazo global estabelecido para a realização desta empreitada é de 660 dias, tendo esta sido iniciada a 27 de julho de 2018.